Você Sabia Que O Banco De Medula Óssea Sofre Carência De Etnias Negra, Indígena E Asiática?

1377342_10151703775293244_122449164_n
O número de doadores de medula óssea tem crescido a cada ano. Atualmente, o Brasil tem 3,2 milhões de pessoas cadastradas, mas este número ainda é pequeno perto da real necessidade, principalmente, quando se trata de doadores das etnias negra, indígena e asiática. Isto porque a chance de encontrar um doador compatível é de uma para cada 100 mil. Como a maioria das pessoas cadastradas é caucasiana, a possibilidade das outras etnias conseguirem um doador é muito mais baixa, se comparada à primeira, que chega próximo a 70%.

A hematologista e especialista em Transplante de Medula Óssea da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, Aline Guilherme, explica de que forma a carência de medula óssea dessas etnias é abrandada:

Cadastro de doadores integrado em todo mundo

O Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME), integrado a um sistema internacional, ajuda a amenizar essa dificuldade. Caso seja encontrado um doador compatível em outra cidade, estado ou país, uma equipe médica viaja para buscar a medula óssea. Nós já tivemos casos em que foi preciso ir à Londrina (PR), Natal (RN) e Portugal, por exemplo, para conseguir o órgão de transplante.

Transplante de doador não 100% compatível

A alternativa criada para atenuar a carência é o transplante de doador não 100% compatível. Neste caso, o doador deve ser o pai, a mãe ou um irmão, com compatibilidade de, pelo menos, 50%. Esta é uma técnica nova, com mais chances de complicação, mas que salva muitas vidas pela facilidade de se encontrar um doador.

Por ser um procedimento de alta complexidade, poucas instituições são autorizadas pelo Ministério da Saúde a realizar esse tipo de transplante. Entre elas, está a Unidade Pompeia da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

Atualização de cadastro de doador

Além da dificuldade de encontrar doadores, ainda há outro obstáculo a ser vencido: a atualização do cadastro. Há casos em que o sistema encontra uma medula compatível, mas o transplante não é realizado porque não foi possível localizar o doador. Por isso, é muito importante manter sempre as informações mais recentes. Para isto, basta preencher o formulário disponível no site do Instituto Nacional do Câncer (Inca): http://www1.inca.gov.br/doador/.

 Fonte: http://http://www.jornaldiadia.com.br/news/noticia.php?Id=14163 

This template supports the sidebar's widgets. Add one or use Full Width layout.