Saiba onde doar sangue e realizar cadastro para doação de medula óssea

10934431_769034563145835_267485218_n

As pessoas estão cada vez mais conscientes sobre a importância de ser um doador de sangue, mas é importante, além disso, saber que existem condições básicas para se tornar um doador e algumas recomendações.

Doar sangue é um gesto de amor, respeito e, diferente do que muitos pensam, é um gesto prático e rápido. O cadastro é feito minutos antes da doação e, logo em seguida, o sangue é colhido.

As situações que demandam sangue são inúmeras . Todas as pessoas que estão passando por tratamentos como quimioterapia, cirurgias e transplantes precisam de sangue, além de acidentados e portadores de algumas doenças do sangue.

Medula óssea:

Qualquer pessoa entre 18 e 55 anos com boa saúde poderá doar medula óssea. O procesimento também é bem simples e rápido: os doadores preenchem um formulário com dados pessoais e é coletada uma amostra de sangue com 5 a 10ml para testes. Em caso de compatibilidade com um paciente, o doador é então chamado para exames complementares e para realizar a doação.

Para saber onde doar sangue e realizar o cadastro para doação de medula óssea clique aqui e acesso o site do Hemoba.

CONDIÇÕES BÁSICAS PARA A DOAÇÃO DE SANGUE:
Sentir-se saudável.
Ter entre *16 e 69 anos de idade.
Pesar acima de 50 kg.
Apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.

RECOMENDAÇÕES PARA O DIA DA DOAÇÃO:

Nunca vá doar sangue em jejum (sem se alimentar).
Durma no mínimo 6 horas.
Não ingira bebida alcoólica nas últimas 12 horas.
Não fume por pelo menos 2 horas.
Evite alimentos gordurosos nas últimas 4 horas.
E APÓS A DOAÇÃO, O QUE FAZER?

Beber bastante líquido nas primeiras 6 horas e alimentar-se normalmente.
Não fumar nas primeiras 4 horas.
Não praticar esportes radicais ou atividade de risco.
Manter o curativo no local da punção por 4 horas.

O QUE ACONTECE COM O SANGUE DOADO?

Todo sangue doado é separado em diferentes componentes (hemácias, plaquetas, plasmas, etc.), assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma doação. Esses componentes são encaminhados aos hospitais públicos do estado da Bahia a fim de atender casos de emergência, pacientes internados e pessoas com doenças hematológicas.

QUEM NÃO PODE DOAR?

Quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade;
Quem estiver gripado ou com febre;
Mulheres grávidas ou que estejam amamentando;
Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue, como AIDS, hepatite, sífilis e Doença de Chagas ou for portadores dessas infecções;
Usuários de drogas;
Quem fez tatuagem ou piercing há menos de 12 meses.

QUANTO AO NÚMERO DE DOAÇÕES:

Homens: podem doar até 4 vezes ao ano, observando um repouso de 60 dias.

Mulheres: podem doar até 3 vezes ao ano, observando um repouso de 90 dias.

IMPORTANTE:

Embora tenham sido realizados exames no sangue, tais como: hepatite, sífilis, Doença de Chagas, HIV e outros, há um período chamado “janela imunológica”, que é o espaço de tempo entre a contaminação e a positividade do teste. Isso significa que a pessoa pode ter sido contaminada por um agente infeccioso e este não ser detectado através dos exames realizados. Por isso, é fundamental que você seja sincero na entrevista, que será mantida em segredo. Honestidade também salva vidas. Diante de um teste positivo ou inconclusivo, o doador será convocado por meio de carta para a realização de um novo exame.

Fonte: http://http://www.tribunadabahia.com.br/2015/03/03/doar-sangue-um-procedimento-simples-rapido-saiba-como-doar

This template supports the sidebar's widgets. Add one or use Full Width layout.