Doação De Medula Óssea, Emoção Em Dose Dupla!!!

164244_4931539777770_1494377337_n

 

Confira o depoimento emocionante da doadora de medula óssea Eloiza Moreira.

 

“Bom, aqui estou novamente para descrever um dos melhores momentos que já passei na minha vida: Doar a medula e Salvar uma Vida. Com a doação fui procurada por muitas pessoas aqui na minha cidade, acredito que nossa missão depois da doação ainda continua, divulgando, informando e cativando mais pessoas para Salvar Vidas.

Vou contar à vocês um pouquinho da minha história.

Cadastrei-me como doadora de medula óssea em 2011, no final de 2012 fui chamada para doar a medula, fiquei extremamente feliz e emocionada, pois não havia demorado muito para me chamar, foi incrível, havia alguém em algum lugar que estava precisando da minha ajuda, então… Vamos lá! Realizei mais alguns exames e pronto, estava à disposição para os procedimentos. Mas infelizmente dessa vez não deu tempo (as horas e os minutos são preciosos) Me informaram que o paciente não resistiu pois estava muito debilitado.

Nossa que sensação estranha, parecia que um pedaço de mim também havia indo embora, fiquei muito triste, mas Deus é quem sabe de todas as coisas.

Quando foi em janeiro de 2014, recebi outra vez uma ligação do Redome, mais uma vez alguém estava precisando de mim…  Nesse momento quase não tive palavras para descrever tamanha alegria!!

A doação foi feita para uma pessoa que eu não conheço e não sei muitas informações à seu respeito, só fiquei  sabendo que ela é brasileira(o). Recebi informações também de que ficaria sabendo se a medula pegou e/ou não depois de mais ou menos uns 2 a 3 meses e de que poderia escrever uma carta à ela.

Fiquei surpresa em saber, que mais uma vez poderia ajudar alguém.

Emoção em dose dupla!!!

Sou uma pessoa de muita fé, pois acredito que ela é o combustível das nossas vidas, sem Deus não somos nada.

E foi assim, mais uma etapa da minha vida. Realizei mais exames, passei por consultas médicas, tirei todas as minhas dúvidas principalmente quais os riscos que esse tipo de procedimento causaria, pois eles precisavam que a minha medula fosse retirada por punção. Posso dizer a todos que esse tipo de procedimento é muito seguro e que o único risco é uma anemia. Toda a equipe do hospital Amaral Carvalho/Jaú-SP é muito responsável e me deixaram muito a vontade. Fui internada no dia 24/03 e a retirada da medula no dia 25/03 às 13h30′, ocorreu tudo bem graças a Deus,pude doar mais que a metade de que precisavam,  não senti dor alguma durante o procedimento, o pós cirúrgico é bem tranquilo e sem dores,vou ser bem sincera e é o que todo mundo me pergunta: Dói, gente não é dor é só um desconforto, um incomodo rs, parece que você começou a fazer academia e seu corpo ficou dolorido por causa dos exercícios rsr, só isso. E outra você nem tem tempo para pensar nessas coisas, o mais importante é poder SALVAR UMA VIDA!

No último dia de internação fiz questão de deixar uma cartinha escrita por mim, queria que minha/nossa medula chegasse com ela. Já que ainda não tive a oportunidade de conhecer essa linda pessoa, mas quem sabe um dia poderei encontrá-la e poder abraçá-la bem forte.

Agradeço a Deus por ter me escolhido para ajudar um filho seu mais uma vez.

Milhões de beijos á todos e pronta para outra com fé em Deus sempre!!

Abraços,

Eloiza Moreira. (doadora de medula óssea)

This template supports the sidebar's widgets. Add one or use Full Width layout.